Economia e segurança estão entre principais fatores na contratação de motoristas terceirizados

Com referências e contrato específico, terceirização de motoristas pode ser melhor fórmula para sua empresa

Os números não mentem: a terceirização do serviço de motorista pode render boas economias para o caixa de sua empresa. Contudo, é preciso observar uma série de variáveis antes de apostar em um trabalhador que preste serviços a sua organização, para que não haja situações posteriores que possam mais complicar que solucionar os problemas.

Se você quer adotar essa fórmula na sua empresa, precisará ficar atento a alguns detalhes. Saiba, abaixo, o que levar em contato ao contratar motoristas terceirizados e porque isso pode ser a melhor opção no seu segmento de mercado.

Saiba os custos da contratação
Não basta apenas achar um prestador de serviços; é necessário ver quanto sua empresa desembolsará para que ele efetue a tarefa que lhe será destinada. Primeiro você deverá fazer uma conta simples: o valor de um motorista contratado pela sua empresa + os valores da viagem, como combustível e pedágios. Aí é só analisar o preço cobrado pelo motorista terceirizado. Com esses dois dados simples já dá para saber onde economizar.

É claro que as situações mudam. Viagens dentro do próprio estado ou para cidades vizinhas podem gerar um custo maior com a terceirização. Na outra ponta, a economia é evidente quando falamos de distâncias maiores e fretes interestaduais. Veja se a empresa que terceiriza motorista não tem pacotes, assim fica mais fácil saber qual método utilizar.

Conheça o prestador de serviço
É importante que, como qualquer outro profissional, você saiba mais sobre quem estará contratando, mesmo que temporariamente. Peça referências profissionais ao motorista, de empresas que ele já prestou serviço ou da própria organização que ele está integrado. Com estes dados, é possível identificar os riscos que possam surgir.

Também verifique se ele é avaliado positivamente em plataformas de prestadores de serviço, bem como sua experiência na estrada. Com o tempo, você criará relacionamento com determinados prestadores de serviços e, consequentemente, terá confiança nos motoristas terceirizados como fizessem parte da sua equipe.

Busque perfis que se encaixam na organização
Quanto mais curto e simples for um contrato com um prestador de serviço, melhor será a dinâmica. Primeiro porque você poupará tempo dos dois lados em especificações que só irão atrapalhar. Segundo, porque isso facilita que as cláusulas sejam cumpridas pelo motorista terceirizado e, assim, dá mais opções de trabalhadores deste segmento.

Em contrapartida, saiba o que negociar no momento que for terceirizar o serviço de motorista. Não deixe de colocar que, como prestador de serviço, algumas responsabilidades serão dele e, como contratante, outras se darão através da empresa. Tudo para que não haja problemas posteriores e cobrança de valores indevidos pelo motorista terceirizado.

Com um perfil que esteja alinhado ao segmento de mercado da sua empresa e que busque um acordo de contratação simples com normas estabelecidas, o processo só dará errado se surgir um imprevisto no caminho.

Veja se consegue acompanhar a rota
Alguns dispositivos e aplicativos já disponibilizam o acompanhamento em tempo real através do sinal de GPS. Com esta ferramenta, você pode monitorar onde está o motorista terceirizado que você contratou. Por isso, antes de fechar o acordo, pergunte se ele dispõe de algum serviço de monitoramento e rastreamento, seja por sinal ou por câmeras de vídeo. Assim, sua carga estará segura e a confiança no seu prestador de serviço será ainda maior.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *